Da série “Conselhos Sobre Coisas que Acontecem”

E não tem muito como escapar. Então, aqui vai um pequeno manual pra você aprender a lidar com essas coisas pós modernas que acontecem com todo mundo: você, eu, a Cláudia Leitte…

1 – Vc foi pra um mega evento e a pilha da câmera fotográfica acabou logo na primeira foto. Mas você não se preocupa tanto pq todos os amigos estão com máquinas tb. E vc sai em várias fotos. Váaaarias. Vc verifica, nas máquinas, após cada clique, e constata que algumas ficaram bem legais.

Mas qual não é a surpresa qdo, ao abrir o Orkut no dia seguinte, você vê que logo aquela exata foto em que você saiu lindo como um golfinho asmático fazendo hang-loose foi tb a ÚNICA que sua amiga, dona da máquina, resolveu postar no álbum aberto dela? EHBATATA. E pode ver, a foto tá com 18 comentários do tipo “fulana (dona da máquina), c tá linda!”

Sua amiga, por ser “a dona da bola” – tal e qual aquele mini-ditador (todo mundo teve um amigo assim na infância) que encerrava o jogo quando bem queria, simplesmente pq a bola era dele -, pôde decidir, assim, brincando de Deus, qual foto ia pra berlinda.E geralmente, nesse momento, a foto escolhida é uma em que ela saiu ótima e vc, um cocô. Muito lógico.

Ou então a outra variável do ocorrido.

Que é quando vc saiu bem na foto, a amiga ( ou o amigo) nem tanto, mas, como era a única imagem em que o Bono Vox, a Ivete ou mesmo o Praga saiu junto de vcs, tinha que ser essa, mesmo, no maior estilo “não-tem-tu-vai-tu-mesmo”. A indivídua dona do cartão de memória, pra melhorar o próprio lado, lasca um contraste e um brilho no Photoshop de maneira que suavize (suavise??) a proeminência nasal avantajada dela e dê uma chapada nas espinhas, sem ligar pro fato de que você, com aquele brilho todo, SOME.

Não, não tô falando que você é ofuscada pela beleza da sujeita, não, tô falando que você SOME, mesmo: você é tão branca que todos os seus traços desaparecem, sobrando um ser de luz muito semelhante a um ET do filme Cocoon. Só falta voar.

Ou então você é muito morena e o contraste junto com o brilho te dão cor e textura de Cream-Cracker com hepatite, enquanto a dona da foto está lá, linda e esvoaçante com a Galadriel.

E milhões de outras variáveis deste mesmo problema: a foto de vc com uma verdadeira pochete adiposa na cintura e a indivídua se espremendo toda e magérrima como uma tábua; foto sua com um olho fechado e boca abrindo pra falar, e indivídua posando linda…

Isso acontece por causa de uma velha máxima da comunicação social:

“QUEM DETÉM A INFORMAÇÃO, DETÉM O PODER”

Como você não tinha máquina e a outra pessoa sim, vc não tem nada contra, nenhum trunfo na manga e se fode. Só pode aceitar calado. Pode até pedir que te enviem as outras fotos, mas invariavelmente em todas você vai estar com o tal aspecto de Cream-Cracker com hepatite, pq já foram devidamente filtradas e adaptadas ao tom de pele do manda-chuva.

Portanto, o conselho que eu tenho pra te dar é: TIRE FOTOS. Sempre. Se acabou a pilha da máquina, TIRA COM O CELULAR, meu filho! Tira com o celular dos outros, tira com o cu, whatever – vc PRECISA de uma prova pra chantagear! Porque aí, quando aparecer a tal fotinha ilustrando o Orkut da querida, vc mete tb a sua fotinha de celular, sem nenhum caprichoe totalmente adaptada pra vc!

A pessoa, desesperada, vai pedir pra tirar. E vc,radiante, vai poder dizer: “Tiro essa se vc tirar a que tá no seu álbum”. E as duas vão tirar e viver felizes prasempre… Sem nenhum registro da noite fatídica, como se ela jamais tivesse acontecido.

Agora, a única saída, única MESMOOO, se a coisa já aconteceu e vc NÃO TEM o que fazer… É um semi-golpe baixo.

Entre no álbum, se veja e comente uma das variáveis abaixo:

“Meu Deus! Q q aconteceu com a foto? Cheia de efeitos! hahahaha”

“Ai, cara, ficou lindo o seu nariz! Vc usou pincel de clonagem ou aquele band-aidinho do Photoshop? Me ensina?”

“Nossa! Adorei o filtro amarelo que vc usou! Sumiram todas as suas espinhas!”

“Cara, vc AHASOU no PhSh! Só conserta ali que ficou um esfumaçadinho aparecendo na banhinha embaixo do seu braço esquerdo!”

E por aí vai.

E tenho dito.

Bjoscomentem!

Carol

Anúncios

Apareceu a Margarida

STA TERESA 015

Mornings pra todos.

Não sei exatamente o motivo, mas ontem eu tive 18 visitas aqui! Hahahhahaoahuoha! Não comentei com ninguém, não postei em lugar nenhum… 18 visitas!

Pergunta que não quer calar: COMO???

Caralho, COMO 18 pessoas estiveram aqui ontem???

Se manifestem, please! Pq entram 5,10, 12, eu mal atualizo, mas NINGUÉM, tirando o Jefferson – que nunca mais voltou, haouauhuha – comenta. Que impressionante.

Bom, o motivo de estar deixando tudo às moscas nesse mundo internético de meu Deus é a Gripe A.

Não, não tive a Gripe A.

Só que a escola da minha filha não voltou e eu não consigo nem PEIDAR direito. Que dirá atualizar um blog e fazer o vídeo que tô devendo pro desafio.

Então, hoje essa postagem será pra prenunciar 3 links novos, que vou tentar colocar nessa geringonça; um desafio por vir e um PROJETÍSSIMOOOO sendo feito. Tô muito feliz.

Ah!!!! E minha descoberta em como usar estar merdas de tags.

É que é o seguinte, eu sempre faço umas tagzinhas humiiildes, com palavras-chave do post em questão… E, claro, não sou achada por ninguém, pq ninguém está de bobeira no Google procurando CAROL KALIL, course.

Então inovei.

Como na internet nada se cria, tudo se copia; vi por aí e copiei. Usei todas as palavras que me vieram à cabeça, inclusive a palavra SEXO. Sexo dá buscas no Google. Sexo dá buscas na Avenida Atlântica, não vai dar no Google? Sexo dá busca até na puta que pariu.

Então postei variações sexuais, gripe suína, oitavo CQC, Renan Calheiros, enfim, tudo o que eu sei que tá gerando buscas, HAOUOUAUOUOAUOAO!

Nem procurem, não tem nada com esses temas aqui.

Mas eu peguei vc, huh?

Às minhas amigas, que por ventura entrarem aqui, fiquem sabendo que vou precisar de todas as amigas que forem MÃES em breve.

=P

Agora vou tentar melhorar esta porra de blog.

Beijíssimos.

Próxima Entradas mais recentes