O Retorno de Saturno

” E aos 29, com o retorno de Saturno

Decidi começar a viver”

Essa música sempre foi uma das mais enigmáticas da Legião Urbana, banda de que sou fanática desde os 12 anos de idade, pra mim. Por gostar tanto dela mas nem sempre gostar de ouvir, por conter coisas em que não sei se acredito.

O tal retorno de Saturno, segundo a astrologia – tentando condensar muito a explicação – seria o tempo que Saturno demora para completar uma volta ao redor do Sol: +- 29 anos. Então, astrologicamente falando, aos 29 anos a volta de Saturno ao ponto em que ele estava quando você nasceu provoca uma mudança drástica na sua vida: vc vira outra pessoa.

Nunca comprei muito esse papo, juro.

Mas desde o final do ano passado estou sentindo umas “coceiras”. É estranho.

Completei 27 anos em 1 de maio de 2009, e no final desse ano comecei a mudar alguns padrões que há 27 anos eu nunca tinha mudado. Isso me pareceu esquisitíssimo, porque eu me conheço e nunca nem tinha testado algumas soluções, do nada resolvi testar e saí ganhando. Eu geralmente não consigo das continuidade a nada, mas eu consegui continuar nadando incessantemente por quatro meses, até as férias. Depois decidi que tenho que terminar a faculdade, e encasquetei com isso. Entrei o ano encasquetada, cada vez com mais convicção. Na natação, idem. Em me arrumar, idem. Em ter uma carreira, idem.

Eu nunca tinha pensado em cada uma dessas coisas. Eu não sei explicar porque ter uma carreira, pra mim, parecia tão inconcebível. Mas parecia. De uns meses pra cá, parece a coisa mais normal e real do mundo.

Aí me caiu a ficha ontem da história do retorno de Saturno. Pq isso se intensificou muito de umas duas semanas pra cá, e eu me dei conta de que estamos nos aproximando do meu aniversário, que é 1 de maio, e vai que é isso. Teoricamente esse RdS é um processo longo e, sendo assim, aos 28 ele começaria a acontecer, mesmo, pra se concluir ao final dos 29.

Lembrei das minhas amigas que só deram certo mesmo depois dos 27, 28… Thaiane. Katy. Van. Mia.  E tantas tantas outras que eu vi, com o perdão da pieguice, florescerem exatamente na idade em que estou.

Será?

Tomara.

Gente, eu queria colocar UMA foto, entraram três, não sei como e não consigo tirar a porra da galeria!

Vai assim mesmo

ALUFFF! ONTEMMMM EU TAVA FALANDO DE VOCÊEE! Que acho vc um exemplão.

=P

Anúncios

15 Motivos para Toda Mulher ter um Melhor Amigo Gay

Uma das coisas mais divertidas que qualquer mulher pode fazer é ter uma amigo – de preferência, um melhor amigo – gay. Pode ser só “homo”, do tipo que só quebra o pescoço entre amigos; pode ser enrustido, do tipo que ainda não saiu do armário nem pra ele mesmo – mas todo mundo já percebeu; pode ser do tipo bicholeta-eta-eta, que é bicha, totalmente mona, nem aí pra nada; pode ser traveco; enfim, um amigo que goste de outros amigos.

Eu, como boa representante da espécie “mulher-extrovertida-loira-boca-suja” que sou, já tive amigos de todos os tipos citados acima. E um, em especial, meu melhor amigo, que é tudo acima ao mesmo tempo. Hahhahaha. Menos traveca. Quer dizer, entre 4 paredes, não sei. Mas fora, o Di faz o estilo gay executivo, adooooro.

E foi com ele que eu aprendi todas essas coisas abaixo, e foi morrendo de saudades e pensando desesperadamente nele que eu resolvi escrever um manualzeenho sobre o quanto ter um melhor amigo gay é vantajoso e maravilhoso para qualquer mulher que se preze!

1 – Já dizia minha vó: um amigo gay não vai dar em cima de vc. E vc não precisa ser uma mulher linda e maravilhosa pra sofrer com problemáticos amigos heterossexuais; basta que eles estejam carentes e vc de calcinha. Gays vêm automaticamente isentos deste problema. Desfile da calcinha, tome banho, mostre os peitos, se depile, faça O QUE QUISER, meu amor – ele não vai demonstrar NENHUMA reação fisiológica, se é que vc me entende. E o único feedback que ele pode demonstrar por te ver pelada é uma ligeira cara de repulsa e asco acompanhada de algum comentário do gênero: “Argh, como tem alguém no mundo que gosta dessa… Dessa… Lasanha viva???”, se referindo a sua genitália. É a paz no mundo.

2 – Ele também não vai dar em cima do seu namorado. Bem, pode ser até que dê, pq amigos gays têm um certo instinto protetor quanto às melhores amigas, e costumam, SIM, testar os namoradeenhos das protegidas… Mas isso não será um problema se o cara for hetero mesmo. O cara vai te contar. E o amigo tb. “Ele deu em cima de mim!”, “Eu dei em cima dele, ele não reagiu. Aprovado.” Se só o amigo contar e o cara não disser nada… Sai fora que essa faca corta pros dois lados. E o amigo vai contar assim: “Amor… Sai fora desse cara, vai. Ele não é pra vc. Furada na certa. E põe furo nisso.”

3 – Amigas bibas estão para nós, mulheres, assim como melhores amigos héteros, homens, estão um pro outro. Eles vão a jogos de futebol; nós e as bibas vamos a salões de beleza. Eles dão notas para mulheres gostosas que passam na rua; nós e as bibas damos notas para homens que passam em qualquer lugar. Eles falam de carros e fórmula 1, nós falamos de cabelo, maquiagem, Alinne Moraes, Bruno Gagliasso…

4 – Amigos gays são as únicAs amigAs que vão ouvir Michael Bublé com você, tomando Champagne e comendo morangos, rodopiando pela casa e NUNCA, mas NUNQUINHA, vão te chamar de brega por isso. Amigos héteros, namorados e maridos, nunca farão uma coisa dessas. Amigas mulheres dificilmente farão e, se fizerem, vai ser de má vontade.

5 – Nenhuma outra classe de amigo é capaz de combinar com você um personagem pra sair. “Hoje eu sou Rory Gilmore e vc é a Beyoncé, tá?”

6 – Só amigas bibas sabem de cór e salteado falas de seriados de TV.

7 – Amigas bibas não só te ligam pra avisar de promoções como, na sua impossibilidade de comparecer, se metem em plena Arezzo pra disputar a tapa com uma loira aguada a ultima sandália caramelo que vc tanto queria e que está com 70% de desconto…e te dão de presente!

8 – Não adianta: só gays sabem apreciar um bom jogo de xícaras ou canequinhas fashion e servir um maravilhoso café com um toque de amêndoas torradas em plena segunda ás 18h30 da tarde, só pra vocês dois se sentirem chiques em casa.

9 – Com quem mais seria possível tomar drinques como Alexander se até as amigas mulheres acham que isso é coisa de bicha?

10 – Com eles você pode brincar de cena de filme. Coisa que vc tenta fazer desde os onze anos com suas amigas, mas elas não curtem mais…

11 – Se você estiver gorda, eles vão dizer. Se a roupa não estiver combinando, eles vão dizer. Se o cabelo estiver feio, eles vão dizer. Acontece que se as respostas pra todas essas coisas forem “SIM, você está gorda, com a roupa feia e o cabelo horrível”, eles SABEM o que fazer. Leia-se: sabem que roupas vão te deixar mais magra e ressaltar os peitos da melhor maneira e sabem arrumar cabelo como ninguém.

12 – N-I-N-G-U-É-M é melhor pareceiro no UNIVERSO pra brincar de Mímica que um amigo bicha. Ninguém. O nome do filme pode ser “Hellraiser, Renascido do Inferno”, que ele VAI te passar de alguma maneira. E com um toque teatral que nem Ney Matogrosso é capaz de dar!

13 – Você só poderá cantar e dançar Britney Spears em frente ao espelho se for com um amigo bicha.

14 – Amigos gays acham o máximo ir pra cozinha com vc fazer uma receita complicadérrima de salada de endívias selvagens com rúcula do agreste, tomate cereja e queijo de cabra velha acompanhada de um arroz arbóreo ao molho de funghi tunghi minghi e carne de égua do deserto grelhada com paetês e alcaparras, e de sobremesa tiramissu de café javanês e chocolate belga… passar um dia inteiro na cozinha pra fazer isso, colocar uma mesa MARAVILHOSA com a baixela de prata e a louça da Lituânia… Só pra colocar a primeira garfada da salada na boca e praticamente vomitar no prato, deixar tudo de lado e ir pro sofá da sala comer o tiramissu direto da travessa vendo Friends. NÃO TEM PREÇO.

15 – E, pra terminar: só um amigo gay, e NINGUÉM mais no mundo, consegue te fazer rir como uma hiena em situações SURREAIS como, sei lá, TPM + término de namoro + demissão do emprego + oito kg a mais + morte de parente. JURO.

Aaaaaaaai, Diego Bacellaaaaaaar! Que saudaaaaaaaaaaaaade!!!!

Cheguei!

1, 2, 3… Mais um testando!!!

Pois bem. Depois de milhões de tentativas frustradas com o burazine e de MESES pensando que eu era uma ANTA no WordPress, ENTENDI que o poblema era no burazine, mesmo.  Tentei a todo custo modificar um layout, sem sucesso… E não entendia nada no painel de controle!

Minhas opções eram ficar lá, mesmo com um layout horroroso e sem poder mexer em nada (era mesmo limitação do meu pacote), voltar pro Blogspot ou fazer um novo.

Dei um pulo no blogspot… Li as coisas antiguinhas… E até no weblogger, que era onde ficava meu primeiro blog, eu tentei ir. Não consegui, mas tentei. Hahahahaha!

Enfim, decidi fazer outro. Tem MUITO material tanto no blogspot qto no burazine, mas eu queria novos ares. Nova fase, nova cara… Daí vim pra cá!

Então, primeiro vou arrumar a casa direitinho… Tudo certinho… Deois produzir algumas coisas… pra, por último, chamar os convidados!

Então, se vc caiu de pára-quedas por aqui e não tem idéia de quem sou eu, dê uma olhada em filosofandonapotato.blogspot.com e carol.burazine.com . Tem algumas coisinhas legais lá! ;]

Ah! O cabeçalho TOSCO foi feito por mim mesma, viu? Houauhauhauhao!

Bjocas.