Pérolas de uma Pequena Tratante

Vc tem filhos? Não?

Pois bem, se não tem, fique sabendo que as pérolas que os filhotes soltam lá pelos dois anos são mais engraçadas do que muito stand-up comedy por aí. E de GRAÇA para os pais. Hhahahoaahahah!

Se vc TEM filhos, vc já sabe disso.

Anyway.

Vou postar algumas aqui, especialmente pro Natan e pra Raabe – Hashnaka Hushnoka Huck Seinfeld Salim Malin Estrela de Davi! Saudações! (Pô, Natan, me ensina aí, cara! Tô falando “judeu” que nem eu falo francês, cara – Pois eiffel soutien champagne abajour leblon petit bon jour rouge). Será que eles se empolgam?

____

Isabela foi na cozinha e fez um escarcéu. Dei bronca, conversei, sentei ela aqui na mesa do pc e conversei olhando nos olhos, disse que não pode, que depois tem que arrumar, que é um trabalho enorme e blablablá.

Qdo terminei de falar, permaneci com os olhos GRUDADOS nos dela. Pq ela não desvia o olhar nem por um segundo, e, se eu desvio antes, ela simplesmente sai e volta pra fazer exatamente o que tava fazendo, a salafrária.

Então, dessa vez ganhei. Foram uns 50 segundos mudas, olhando nos olhos.

De repente, do nada, ela faz a cara mais genuína de “só lamento”, dando de ombros, e solta:

“- Meu pai adora eu.”

Posso?

*

O telefone tocou, Isabela atendeu, era meu irmão.

Ela conversou, conversou, o “trivial”: “Oi, é quem? Onde c tá? GUCÊ vai vir aqui? Minha mãe tá na cozinha fazendo papá gotoso pra mim. Pabo Déix (Pablo Andrés) tá ki. PABO DEEEEEEEEÉIX!”, e passou pro Pablo.

Eles falaram, desligaram, ela viu desenho. Após uns minutos, o telefone toca de novo.

Depois de um arranca-rabo pra tirar o telefone da minha mão, pq ela queria pq queria atender, ela colocou o fone no ouvido.

“- Alô? É quem? … DE NOVO??????”

haouhahouahoauhaouhoauhouahouahOUAHOUAHO

UHAOUHAOUAHOUHAOUHAOUHAOUHAOUHAOUHAOUH

Preciso explicar que era meu irmão?

*
Ela tinha uns 2 aninhos, nessa.

Eu estava na sala, sentada no chão, com as pernas esticadas pra frente, vendo tv. Ela junto comigo, sem ficar quieta um segundo. Em pé pra lá e pra cá, pra lá e pra cá… Subia na minha perna, que estava no chão, e ficava enfiando os dedinhos pra ficar na ponta do pé, sabe?

“- Isabela, desce que vc está machucando.”

Uma vez, nada.

Duas vezes, nada.

“- Isabela, desce, vc está machucando a mamãe!”

Cinco vezes, nada.

“- Isabela, desce, senão vc vai pro castigo.”

Não desceu, coloquei de castigo.

( ela vai pro quarto, senta na cama e fica: “Mãe, já posso sair? Mãe, já posso sair? Mãe, já posso sair?”, quinhentas mil vezes até eu deixar sair, o que geralmente acontece dois minutos depois)

Beleza.

Passou, e já era de noite. E eu tava exatamente na mesma posição e no mesmo lugar vendo novela.

Ela veio de mansinho, me abraçou, me beijou, ficou fazendo mil carinhos…

… e disse, tooooda carinhosa, esfregando a bochecha na minha bochecha, segurando meu rosto com as duas mãozinhas:

“- Mãe, quero castigo…”

=S

Meu coração morreu de culpa. Só faltei morrer de arrependimento!

“- Mas por quê, minha filha, por que você quer castigo, meu amor??? Você não fez nada!!!!!”

E ela, ainda segurando meu rosto com as duas mãozinhas, disse:

“- Não, mas eu vou subir na sua perna.”

Eu agüento?

*
Eu fazendo bolo na cozinha, ela quis “ajudar”. Mas, como eu não tô com saco, disse que não podia.

Daí ela veio na sala, pegou uma cadeira, levou pra porta da cozinha, sentou e começou:

“- Mãe, já tá pronto? Mãe, já tá pronto? Mãe, já tá pronto?”, quinhentas vezes, como sempre.

“- Não, não, não, não.”

“- Ah, mãe, então eu vou dormir.”

Aí ela foi na sala, pegou outra cadeira, levou pra junto da primeira e encostou as duas, fazendo uma “caminha” na porta da cozinha. Deitou ali e disse:

“- Mamãe, cuida de mim?”, toda dengosa.

E aí eu me derreto, né?

“- Mas minha filha, cuidar de vc pq? Vc tá com dodói (qdo ela tá com febre ou dor ela pede pra eu cuidar dela)?”

Aí ela, sem se mexer, meio que se equilibrando, e sem “dengo” nenhum, grita:

“- Não, mãe, cuida de mim pq EU VOU CAIR!!!”

*

PelamordeDeus, como é que pode???

Isabela vem e coloca a mão na minha cara, no meu nariz.

“- Mãe, cheira minha mão!”

Eu cheirei. Não senti cheiro algum.

“- Onde vc colocou a mão, minha filha?”

E ela, morrendo de sono, rindo, com cara de filha da puta mirim, diz:

“- Na minha bunda!”

*
Papo meu com Isabela hoje:

“- Filha, vai pro banheiro que a gente vai tomar banho.”

“- Não, mamãe, hoje eu não vou tomar banho, não.”

“- Como assim? Posso saber por que?”

“- Porque assim acaba a água do mundo.”

Todo santo dia, qdo ela pede pra brincar com água, eu meto essa. Que não pode pq assim acaba a água do mundo.

Hoje foi minha vez de ouvir, né?

*
(essa é da filha de uma amiga minha, a Fabi. Laura, a filha, é um espetáculo)
A Laura é muito observadora e vivia falando pra quem fosse:
– ai que sapato feio! não gostei.
– ai que boné sujo! precisa lavar.
– mas que cabelo colorido estranho!
qualquer coisa que ela visse e pensasse ela falava.
esses dias conversei com ela, falei que não podia sair por ai falando tudo que viesse à cabeça, as pessoas ficam tristes e ela DEPOIS EM CASA, pode falar para mim, que TEM COISAS QUE ELA PRECISA GUARDAR PRA ELA!

Ontem estávamos num aniversário de família e uma tia-avó dela chegou toda espetaculosa, cabelo cortado e tingido, cheia de blush e um primo meu começou a zoar, ela é brincalhona e aproveitaram. Foi quando a tia-avó disse:
– Vou perguntar para a Laurinha! Vocês estão é com ciúme, criança não mente. Laura, a vovó tá bonita???
e a Laura olhando bem pra ela e pra mim em seguida disse:
– TEM COISAS QUE PRECISO GUARDAR PRA MIM!!!

*
Isabela me vende tudo.

Do nada, começa a brincar de comidinha imaginária e vem perguntar se eu quero bolo, picolé…

Se eu digo que quero, ela coloca o bolo IMAGINÁRIO no pratinho IMAGINÁRIO, pega uma colher IMAGINÁRIA e me dá.

Assim que eu “pego” o prato, ela diz:

“- DOIS REAIS!”

(Doish reaish)

HAOUAUOUAHUAUOAU!

Um dia desses eu tava inspirada e zoei da cara dela:

“- Ô minha filha, vc não tem vergonha na sua cara não, sua salafrária? Vc está me vendendo este pedaço MINÚSCULO de bolo de COCÔ (era bolo de cocô, aquele dia. Tem dias que tudo é de cocô ou de xixi.) por dois reais?? Isso é um absurdo, vc acha que dinheiro dá em árvore?”, e por aí vai.

Morremos de rir e ela baixou pra 1 real.

Beleza.

Agora há pouco fomos na farmácia e ela se encantou por um kit com gloss e perfume da Mônica.

Olhou pro moço do balcão e disse:

“- Quanto é?”

O rapaz, que não esperava uma pentelha dessas sozinha no meio da loja perguntando o preço, falou meio rindo:

“- Onze reais”

Isabela (ai, meu Deus) colocou a mão na cintura e derramou as pitangas dela:

“- Absurdo isso, moço tio. Você não tem VIGUNHA não? Você é um salafálio, vc acha que minha mãe tem uma PLANTA DE DINHEIRO? ”

E o moço deu uma baita gargalhada, e todos da farmácia tb.

Isabela, MUITO séria, com os cabelos soltos, uniforme imundo e a mão esquerda na cintura, virou pra eles todos e disse:

“- Eu tô falando sério. Minha mãe não tem uma planta de dinheiro. NÃO ME RI. Não tô brincando, não ME RI.”

Gente… Surtei.

Eu ri MUITO.

*
Isabela. AGORA há pouco.

Foi no banheiro, abriu o armário, tirou um OB, foi na cozinha,pegou uma tigela redonda de gelatina azul que tava intacta… Enfiou o OB no meio, chegou na sala berrando:

“- PALABÉNS PA BUCÊEEEEEEEEEE!”

haoauououauoaauauuah

Geralmente,você é GUCÊ, mas no parabéns dela é BUCÊ… Nessa caso, só faltou o TA.

*
(Se não me dá vergonha postar isso no blog? Claro que dá. Mas vcs verão que é uma informação necessária.)
Eu no banheiro, agorinha. “Fazendo cocô”, pras pessoas meiguinhas, ou CAGANDO, mesmo, pros meus.

Toca o telefone.

Lógico, pq o telefone daqui tem um sensor que dispara assim que minha bunda encosta no vaso. Só pode.

Isabela, que tava de um quarto pro outro bagunçando roupas, saiu correndo pra atender.

E eu escutando, me apressando e me lavando pra correr pro telefone.

“- Ah, oi. Tudo bem, e gucê? Não…

…Minha mãe tá lavando a peleleca.

Saí correndo pra atender, qdo cheguei ela tava dando tchau e desligando..

Consegui pegar o telefone antes de encostar no gancho e GRAÇAS A DEUUUUSSS era Fabíola, minha amiga…

Que me diz:

“- Fala, maluca. Tava lavando a perereca?”

HAUOAUOAHUOAUOAUAUAUOA

Porra,imagina se fosse de banco, secretária de médico… Hozuouuoauoauoauhhashouh!

#chupaessamanga!

(e isso são ALGUMASSSS)
Vai dizer que não são impagáveis? Hahahahha!

Anúncios