Tudo… Menos a Beleza.

Ô gente…. Vcs pensem tudo de mim… Tudo o que vcs quiserem: que eu sou inteligente, que eu sou burra, que eu sou lerda, que eu sou porra-louca, que eu sou Amélia,  brega, chique,  gorda, magra, alta, baixa, preta, branca, ruiva – Não, pensando melhor, não pensem que eu sou ruiva, não. Por favor. Eu tenho uma coisa contra cabelos vermelhos; acho que eles são muito mais populares do que deviam ser: cabelo ruivo É PRA POUCAAAAAAS, e tem gente que desconhece isso! Basicamente, brasileira que quer pintar o cabelo e é morena demais pra ser loira, lasca ACAJU.

Ô nome. Acaju. Isssssh, nem falo nada.

Mas não me imaginem ruiva, não. Me imaginem sarará (dreads são meio sarará, né?), mas não me imaginem ruiva. Eu pinto de todas as cores do mundo, menos de ruivo. Pq fico parecendo uma puta palestina, de cabelo ruivo. Não que na palestina as putas sejam ruivas, mas, anyway… Aquela coisa castanha-pontas-Willycat não faz meu estilo, nã-nã!

Vcs podem imaginar o que quiserem de mim, MENOS me imaginar gatona. E ruiva.

Isso é um problema. Pq eu JÁ FUI gata. Gata gata. Ai, bons tempos.

Mas ultimamente tô frustradíssima. Não sou mais gata. Tô gorda, perebenda, pentelhuda, vesga, espinhenta, fedorenta, tem uns furúnculos do tamanho de RELÓGIOS no meio das minhas canelas, meia-cabeça careca, rugas, peitinhos de muchiba ( Muxiba. Muxiba é uma palavra tão inventada que não deve ter certo e errado, a verdade é essa.)

Tá, exagerei. Tira os furúnculos de relógios, tira mais alguns adjetivos, mas mantém o FEIA. É necessário que se mantenha isso no imaginário do leitor.

Eu sei que tô gorda demais da conta e que meus áureos tempos de beleza se acabaram pq quando passo em frente às obras os peões ficam LOOOOUCOS. E quando peão de obra te canta, meu amor, fodeu: pode ir catando uns Dualid por aí pq vc já tá gorda.

Peão não canta mulher magra. Não existe isso.

Por isso, qto mais me cantam, mais gorda eu sei que estou.

Alguns ficam com medo de falar qualquer coisa, pq, afinal, eu posso ser feia, mas tenho presença, hahaha, e se olho feio nego pensa que luto Vale Tudo e sai correndo. Mas a maioria declama altas cantadas nível zero:

“- Queria ser essa pinta, pra ficar no teu pescoço” – Jesus, me abana, que esse merece um banho!

E os peões loucos são termômetro avesso de “popularidade classe média”. Quanto mais popular entre os peões, menos popular vc é entre as classes A e B. E vice-versa.

Eu tenho pra mim que pobre tem medo da FALTA; medo de faltar comida, quase nunca come carne, pq custa caro… E, como a fome é algo que DÓI, eles, involuntariamente, num lance cheio de “Freud explica”, acabaram relacionando essa fome física com alguma fome psicológica e o resultado é desastroso: pobre adora gorda.

Mas, voltando a mim, que é o que me interessa neste momento, além disso tudo, eu sou casada. Essa parte é complicada na hora de popularizar um blog ou sua própria persona pela net, pq a maior parte do target jovem “cata” por aí TCHUTCHUCAAAAS solteiritas com quem talvez pudessem ter uma chance. Mas, quando você é casada, automaticamente elimina essa possibilidade. E, se você for feia, vc elimina duas vezes essa possibilidade. É que na verdade os caras já deviam partir da premissa que TCHUTCHUCA com blog interessante, não dá pra achar – afirmação meio categórica, esta; na verdade é totalmente subjetivo um lance ser interessante ou não. Para um tchutchuco, um blog de tchutchuca deve ser o melhor lugar do mundo. Só perde pros fotolog das popozudas.

Bradando aqui que sou casada E feia, eu elimino de vez as chances de qualquer playboy aloprado e cismado nas dengonet, nas tchutchucanet e nas marinet da vida entrar neste blog e perder vinte segundos procurando fotos minhas pra, dependendo do achômetro sobre as poucas fotos encontradas, ler alguma coisa pura e somente PRA TER o que comentar. E fazer algum comentário POIA de quem não leu NADA no maior estilo:

“Aê, gata, curti… Passa lá no meu.”

Tão ligados? Se quem entra aqui é pra LER, que fique bem claro: aqui tem TUDO, menos a beleza. Tá?

P.S.: Não revisei o texto. E escrevi isso aí na IRAAAA pra um comentário de um ser ACÉFALO que me recusei a deixar na lista. Exatamente que nem o que escrevi acima.

______________________________

Eu soube que a Fabíola esteve aqui. E ela NÃO comentou. Filha da puta.

Eu soube que o Bruno, meu digníssimo professor de natação, esteve aqui. Se foi lá do “escritório” de natação, então Tiago e Rafael, meus outros professores, também estiveram aqui.

E NÃO COMENTARAM. Ahhhhhh, mlk. Que raiva.

Tô de olho! Quero COMENTÁRIOOOOS! Sem comentários, como vou saber se vcs estão aí mesmo lendo, gostando, indicando?

Obrigada as minhas novas leitorinhas! São todas mães tb! =]

Bjocas!

Anúncios