Fazendo as Unhas em Casa

Well, people, passei o Natal com o Melancia, da Colorama, nas mãos e pés, e tinha manicure de novo dia 27. Mas não pude ir, então o vermelho começou a descascar e ficou o ó, como bem conhecemos.

Fui descascando, descascando… E chegou hoje, não me agüentei e decidi fazer o que sempre evito: fazer as unhas em casa.

Sempre evito porque minha coordenação motora é semelhante a de um hipopótamo tentando mandar mensagens por celular: eu simplesmente não consigo. Fica terrível, horrorosa, ridícula.

Aí tive a idéia de pesquisar e maximizar minha experiência. Juntei aqui várias dicas que encontrei, entre elas várias que eu não conhecia – pq fazer a unha a gente sabe, mas tem sempre uns macetinhos que a gente deixa passar na manicure e elas não saem contando pra geral tb, que afinal de contas, é o ganha-pão delas.

Vai um passo-a-passo do que descobri:

– Deixe as unhas de molho ou passe hidratante e empurre as cutículas normalmente, como você bem sabe, não tem nenhum segredo.

– Tire pouca cutícula: quanto mais você tirar, mais cresce eeee também, se você deixar uns lugares com mais pelinhas, depois, na hora de limpar o esmalte borrado dos lados, quando estiver difícil você pode tirar mais um pouquinho de cutícula – e as partezinhas do esmalte que sua mega coordenação não te permitiu retirar.

– Antes de lixar, passe ÓLEO SECANTE. Aí lixe e remova o óleo. Não sei pra que serve, mas me pareceu genial.

– USE BASE. E passe a base até uns dois milímetros acima do dedo. Na verdade, se você tiver a minha coordenação motora, melhor que passe base até o cotovelo… Hahahaha… Mas é sério, descobri que a base ajuda a facilitar na hora de tirar o esmalte.

– Duas camadas de esmalte (dã), só tire o excesso de um lado do pincel. Do outro, deixe uma gota.

– Se o esmalte estiver grosso, dilua com uma gotinha de óleo de banana. Nunca acetona. Acaba com o esmalte.

– A cada camada de esmalte, limpe os cantinhos com o palito, nunca deixe de fazê-lo, mesmo sendo um porre. Facilita horrores.

– Espere secar completamente antes de limpar os lados.

Logicamente, eu só tive a idéia de catar essas dicas depois de pintar as unhas todas igual minha cara… Agora já era, me recuso, preguiça e sono demais. Tá parecendo que eu pintei com Liquid Paper (como várias vezes já fiz, hahahahah). Aliás, tá parecendo que eu pedi a uma criança de 8 anos pra pintar com Liquid Paper.

Não sei se tem essas dicas no Mão Feita, vou fuçar lá já já.

* esmalte branco branco é o mais difícil do mundo de passar (Tô com Pétala Branca, Colorama)

______________________

Pensamentos rapidinhos do primeiro dia do ano:

* Fui pedalar com a família na orla hoje e tomei uma decisão: riscar da minha wishlist ter um apto na beira da praia. Icaraí inteira, até a Moreira César, só fede a mijo. A praia IMUNDA…

* Vcs já viram a nova caixinha de OB mini? Minúscula, vem com 10. Um ótimo absorvente para formigas, só pode. Eu não abri (c’mon, eu uso super, hahahaha), mas imagino da espessura de um lápis de cera daqueles pequenininhos, sabem?

* Por que acabou Lost, meu Deus, por que????????? De que me adianta Flash Forward??????

* Os mendigos de Icaraí todos estavam agarrados a vários presentes: a maioria com garrafas de cidra, vários com panetones, tinha um abraçado a uma boneca enorme vestida de baiana… Adivinha de onde vieram? Hahahahahhahah!

Anúncios