Berinjella

 

 

Pra quem não sabe, eu larguei a faculdade de comunicação e decidi entrar de cara na gastronomia, na raça, no peito e na coragem.  Fui a um restaurante e perguntei como eu fazia pra ser chef de cozinha. Entrei de ajudante na semana seguinte. Em um mês, eu era a chef do buffet do final de semana, elaborando o cardápio e coordenando a execução.

Nem tudo são flores, durante a semana era assim, ó:

Com direito a massa de empada no cabelo, suor e óleo na cara, sujeira na bochecha…

E a glória o fim de semana:

 

Suada e acabada, mas na beca!

Meu cardápio no buffet – esse risoto de rabada é alucinante.

O rapaz foi consultado e disse não se importar de aparecer! Hahahah! Cliente mega fofo!

 

… Acontece que trabalhar em restaurante é mega-sacrificante, de segunda a segunda com uma folga rotativa, sem hora pra sair… Quem tem família sofre. E eu comecei a sofrer por não ver mais minha filhota.

Foi quando comecei a pensar: por que não ter uma coisa minha?

O restaurante era estilo boteco, comida de boteco. Nada a ver com a minha praia, que é comida natural e BOOOOUUUUUA.

Então, nada mais justo que meter o pé e começar algo meu.

Foi quando criei o Berinjella.

Comida natural, rústica e gourmet.

Trabalho com encomendas, em domicilio, faço feiras, workshops e eventos.

Página no Facebook: http://www.facebook.com/pages/Berinjella/173324426031052

Contato: (21) 72163057

Carol Kalil

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Manuela
    dez 29, 2010 @ 19:05:02

    é meu sonho ser chefe de cozinha!!!!!!!!!!!! mas minha familia insiste em dizer que isso naod a dinheiro e que é muito sacrificante eu acabo sem coragem… mas poxa parabens pela sua coragem queria ser assim tb

    Responder

    • carolinakn
      dez 29, 2010 @ 19:14:41

      Manuela, obrigada pelos comentários!

      Olha, dinheiro é uma coisa beeeem relativa… Eu estou ganhando mais agora, que trabalho em casa, do que quando estava no restaurante, e me estresso bem menos. Maaaaas… É mais difícil também, tenho que ralar bastante, não tenho dinheiro certo se eu não correr atrás…Mas meu salário era o de menos, eu não trabalhava por causa dele, trabalhava porque queria aprender… Graças a Deus posso me dar ao luxo de não precisar trabalhar.

      Vou escrever um post sobre isso qq dia desses.

      Mas Manu, se é o que você quer, você acha que a sua família tem direito de dizer não? O que vc faz da vida, by the way? Bjocas!

      Responder

Deixe uma resposta para Manuela Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: