A Velhinha Erótica

Antes do post de hj, não resisti e tive que postar:

dado-dolabella-casando

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

Meo Deooooos… A foto eu peguei do Kibeloco… HAHAHAHAHAHAHAHHA!

A Legenda que tava lá era: “Fala sério! Não tá com cara de quem depositou o milhão na poupança?”

A princípio, confesso, não entendi.

Podem me chamar de “loraburra”, o que for. Só não pode me chamar de ruiva.

Anyway. Depois de um árduo trabalho de Tico e Teco por uns cinqüenta minutos… Eis que começo a gargalhar do nada. HAHAHHAOAUHOUAHOHAUO!

Entendi!!! HAHAHOAUAHOHAUOHAUOHAHU!

Ai, ai… Muito boa, a foto e a legenda…

______________________________________________________

Agora sim, o Post.

Uma coisa que esqueci de contar ontem.

Fiz aula de girocópt, ops, de hidroginástica ontem, de novo. Pq antes de ontem eu não nadei, lembram?, então eu entro numas de pagar com sofrimento e tal. Me redime. Tipo aquele lance de “Anjos e Demônios”, das auto-chibatadas. Só que eu não me auto-flagelo daquela maneira. Eu tenho maneiras mais originais de me auto-punir: comendo como louca e depois me pesando. E, a julgar pelo meu peso, minha auto-punição vai de bem a melhor. Hahaouhaouhha!

Então, esse lance de usar esporte pra se redimir é uma nova na minha vida. Pq eu nunca consegui fazer isso por mais de um dia, mas agora estou fechando o primeiro mês de natação, já! E só não fui DUAS vezes, e nas duas foi por motivo de força maior, que foi filha dodói. Um marco na minha vida, essa natação.

Mas então, voltando.

Bruno tirou meu coro naquela porra de hidroginástica. Nego pensa que é mole, mas vai afundar aquelas paradas de isopor, amigo! É IMPOSSÍVEL! E eu não tô falando de afundar um isopor de cerveja cheio de gelo na piscina pra lavar não, meu filho; tô falando de uns pesinhos leves como a Cinthya Howllet fora d´água e pesados como Karla Fabiana dentro d´água. Quase um parto mexer com aquilo.

Anyway.

Terminei a aula, só fomos duas velhinhas, um velhinho e eu – pq ontem tava chovendo horrores e só foi o pessoal mais radical, baby . As velhinhas e eu nos encaminhamos ao vestiário.

Vale dizer que nos dias ensolarados umas trinta velhinhas comparecem felizes. E que, depois do término, no vestiário, elas tiram os maiôs e viseiras e toucas e tal e ficam conversando peladas, entre toalhas, cremes e calçolas pra todos os lados, exibindo e comentando marcas de biquini, de cesárea, de cirurgias, assim, como se tivessem 15 anos. Se vestindo devagar, entre um papo e outro. Umas pedindo ajuda às outras, pq, vc sabe, a flexibilidade já não é mais a mesma depois dos 50…

Não me sinto muito confortável ali. Confesso. Ver tanta velhinha de topless soa pouco natural pra mim. E eu trato de escapar e esperar do lado de fora até que elas tenham saído.

Pois bem, mas ontem, como dia especial de chuva e com poucos alunos, eu pensei que estaria a salvo.

Entrei e uns minutinhos depois entrou uma das senhoras.

Ela deve ter seus sessenta e poucos. E não está NADA conservada, por assim dizer. Só pra vcs terem noção da situação.

Estava lá eu, pegando minhas coisas, quando me dei conta que não havia levado sutiã e calcinha. O dia estava bem frio, e eu me peguei comentando em voz alta:

“- Aaaaaaai, putz, não trouxe sutiã! E agora? Maiô molhado…”

E a velhinha do meu lado direito, prestando mó atenção.

“- … Mó frio… Só se eu tirar o maiô. Mas aí fica difícil, pq não trouxe sutiã… Ah, não, sem calcinha e de calça eu até iria, mas sem sutiã não rola.”

Eu juro, tava mais PENSANDO ALTO, mesmo.

Por isso levei um susto tão enorme (mas tão enorme, que deixei cair todo o conteúdo da minha mini necessaire: OBês e etc.) quando a velhinha me respondeu:

“- Ahhh, já eu, prefiro o contrário! Não uso sutiã quase nunca, mas sem calcinha não vivo!”

O_O

Como asseeeem?

“- Olha, saí de casa sem sutiã. Só trouxe esse pq aqui no vestiário eu fico sem graça na hora de me vestir, as meninas sempre me olham torto quando não visto sutiã.”

Gente, eu tremia igual vara verde. Pedi a todos os santos, inclusive o @santoEvandro, praquela mulher parar de falar naquele exato instante. Tava vendo a hora em que ela ia me contar sobre a vida sexual dela e do marido, e isso é algo pra que a gente não tá preparado, né? Haja visto:

e você vai entender que é algo que nossos cérebros jovens não estão preparados pra alcançar. Argh. Não, não.

Voltando pra historinha. Rezei bastante. Mas não foi suficiente. Deus deve ter colocado na chamada em espera, pq deu tempo de ela me mostrar os seios… “Olha, eu quase não tenho! Pra que sutiã?”. Meu Djízâs. Eu quase podia ouvir o “Fur Elise” tocando ao fundo.

Mas consegui escapar e nada mais que isso aconteceu.

A propósito, ela realmente tinha peito pequeno… Mas na idade dela, não importa se vc tem peito enorme, pequeno ou não tem peito; vc TEM que usar sutiã.

Saí do vestiário ligeiramente torpe. Alguma coisa como a imagem daquele sutiã da Madonna, de metal pontiagudo, vestido na velhinha rondava minha mente.

E fui dar um presente pro Bruno, que estava orientando uma aluna.

“- Bruno. Tenho um segredo pra te contar. Sabe aquela sua aluna moreninha, baixinha, que tava do meu lado ainda agora na hidroginástica? Hum?”

“- Sei. Que que tem?”

“- Ela não usa sutiã.”

HAHAHAHAHAHAHAAHHAAH

Presentaço, não?

Acabei com a paz de um homem por no mínimo uns 15 dias! Hahahahaha!

Se vcs vissem a cara do Bruno…

Eu sei que ele JAMAIS vai esquecer isso, enquanto viver, e enquanto der aulas pra essa senhora tão… Erótica.

* Anônimo, retirei, viu? Fez sentido seu comentário, eu nem me liguei: a parada era MUITO velha,  eram milhares de papéis de bala, visa electron e por aí vai…  De antes da gravidez, pra ser mais exata, que foi a última vez que usei a necessaire em questão. Até pq eu preciso de fôlego pra nadar, brother!

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Renato de Recife
    set 25, 2009 @ 15:05:13

    Bruno é o seu professor de natação? Coitado do cara, você é MALIGNA! Huahuahuahuahuahuahuahuahua.

    Responder

  2. fernanda
    set 25, 2009 @ 15:09:12

    Carol, juro que achei que ela ia oferecer o sutiã dela emprestado.:(

    Responder

  3. Bruna Souza
    set 25, 2009 @ 18:40:39

    Ai Carol, só Jesus pode explicar como essas pérolas entram na sua vida…

    Responder

  4. Jane Murback
    set 26, 2009 @ 00:33:21

    Eu já fiz parte do grupo de peladas no vestiáro. Juro. Meu, pode crer, tenho até vergonha, mas a gente ficava comparando peitos, mostrando onde botava os anticoncepcionais colados entre costas-bunda-perna, um show de horror.
    Tudo bem que éramos mais novas que a velhinha erótica, mas era feio igual, de verdade.
    Bjo

    Responder

  5. Bruno ( o professor)
    set 26, 2009 @ 21:30:53

    Carooool.
    Gostaria de parabeniza-la pelos textos engraçadissimos e o video super alto astral…cada figura que encontrou na rua..

    Perambulando pela internet, lembrei de procurar seu blog…. achei e to me mijando de rir com os fatos que você trouxe da natação para o blog.
    Verdadeiramente essa história( da tiazinha sem sutiã ) não vai durar menos de 15 dias para esquecer, a não ser que você venha com outra..hhahahahaha

    Ah..no próximo post, inclua mais um dia que você não foi..agora são 3. hahahahah

    mAS PARA QUEM SE DIZIA PREGUIÇOSA, ESTÁ INDO MUITO BEM !!!!

    bom fim de semana…até SEGUNDA !!!!!!!!!

    Responder

  6. Matteo L. Delos
    set 26, 2009 @ 22:09:54

    Como te disse no twitter, a idéia ERA comentar aqui e DEPOIS falar contigo por lá… Previsível. Minhas idéias têm mesmo uma certa tendência a não trocar o plano otimista e hipotético do “mais tarde eu vejo isso com calma” pelo da realidade. ¿Qué hacer? [“Criar um pouco de vergonha na cara e ser menos preguiçoso!” diria Dan, um amigo meu, sempre mais sincero do que o realmente necessário] Anyways… como diria o poeta, faz paRRRte.

    Bem, vamos ao post! Hilário! COMÉDIA DEMAAAAIS DA CONTA! xD
    Sinceramente, eu tava sentindo compaixão (e, ahn, um ligeiro asco generalizado…) pelo teu sofrimento naquele vestiário… ATÉ vc fazer aquela maldade com o pobre do Bruno (Y) HAUAHUAHAUHAUAHAUHAU
    Foi muito sádico da tua parte. Me-fis-to-fé-li-co, sério. [primeira vez que uso essa palavra em toda a minha vida – não me pergunte o pq, eu tbm não sei ao certo. Talvez uma tentativa tosca de encontrar uma palavra com um nível de maldade à altura (?)] Quanta besteira num comentário só HAUAHUAHAUHAUHAUA xD

    Já que te fiz gastar uma parte considerável do precioso tempo em que vc poderia estar fazendo coisas MUITO mais importantes/interessantes do que ler isso tudo aqui, vou dizer só mais uma coisa e te deixar em paz.

    Mais uma vez, parabéns pelo blog! O senso de humor, a criatividade, a espontaneidade… todo um entrenimento de qualidade! (a rima tosca não foi proposital, ‘k?) Brigadão por isso!

    CHEGA, NÉ? Deixa eu parar por aqui! Bjão!

    Tá… saideira, JURO! xD
    Acredite, já conheci vestiários masculinos ainda mais potencialmente traumáticos do que o feminino q vc descreveu… Imagino q isso não vá te servir de consolo.. mas considere a intenção! kkkkkkkk =*

    Responder

    • carolinakn
      set 27, 2009 @ 05:43:41

      Ah! Esse Matteo, um gentleman! Olha a rasgaçãaaaaaao de seda!
      hahahahahaha!

      Aaaaaah, que isso, imagiiiina!

      (fale mais.)

      HAOUUOAHUOAHUOHAUHAUOA

      Brincadeira, OBRIGADA, seja sempre bemvindooo! Aqui e no twitter tb! =]

      Ih, caralho! Agora Bruno vai me dedurar e saber o que eu fiz qdo faltar – ó, pode ver que n~~ao tô faltando sem motivo, hein?

      UHuhuuhu

      Bjos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: