O Tempo Passa, o Tempo Voa… E a Poupança Bamerindus nem Existe Mais!

Que curioso. Acabei de me ligar como as coisas mudam de acordo com a época da nossa vida.

Tava o rádio ligado e começou a tocar aquela canção de alguma bandinha dessas genéricas que eu não tenho a mais vaga idéia do nome:

“Entre razões e emoções a saída é fazer valer a pena…
Se não agora, depois, não importa… Por você, posso esperar…”

E que interessante:

Se eu a estivesse escutando há alguns anos, quando a poupança Bamerindus ainda existia, ia pensar na hora que o cara tá falando de sexo. Tipo, namoradinhos, que a menina não quer dar, mas ele vai esperar, se não der agora, vai dar depois, uma hora a rebimboca TEM que ser liberada mesmo, então ele espera. Nem preciso dizer que quando a Poupança Bamerindus existia, meu hímem tb existia, né? ¬¬ Portanto, esperar pro rala e rola seria o máximo em termos de declaração de amor que um cara poderia oferecer a uma menina, na minha cabecinha da época, bem como a Carícia, Querida e Capricho pregavam. Houhaouhouahouhaou.

Mas hoje isso nem me passou pela cabeça. Imaginei que o cara tava pegando uma mulher casada e que eles não podiam ficar juntos, uma merda dessas bem dramáticas, mas que ele vai esperar o divórcio ou a fuga dela.

HOUAHUHAUOHAUAHUOAUHAUOHUAOHUHAUOHUOAHHAUHUOAHOUHAUOHUOAHUOHAUOHUAH

Vejam bem, não tenho nada relativo a isso na minha vida, nem comigo e nem com conhecidos, ninguém tá tomando chifre no momento; mas é que eu não encontrei NADA a que eu pudesse associar o trecho da música. Depois de casar e ter filhos, “esperar pra dar” é sinônimo de RESGUARDO, e SÓOOOO. Uns 40 longos dias. Houahuohauohaouhaua. Aí comecei a viajar sobre que diabos ele quis dizer.

Imaginem. Se eu ouvisse essa música com uns 60 anos, ia pensar que ele tava falando de morte. “Se não agora, eu te encontro no céu, não importa, por você, eu posso esperar”. HOAUHOUAHUOHAOUHAOHOUHAOUHOUAHOUHAUOHOUAHOUHAUOA.

Caralhinhos voadores, hein? Que viaaaaaaaaagem!

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. aylla
    nov 23, 2007 @ 17:24:00

    hahahahahahhahahahahahaha

    amiga, vc VIAJOU legal hoje hein?

    e o pior: eu também pensaria isso na minha época de capricho, do ou dá ou desce…hahahaha

    cruzes..viajei também!

    beijocas

    Responder

  2. Carol Lages
    nov 24, 2007 @ 02:01:00

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ADOREI a viagem !!!

    É verdade como meus conceitos mudaram da época da Querida, já passaram pela Playboy, pela Crescer e hoje estão mais pra revista da Ana Maria Brega !! kkk

    Ahh a ultima versão da música tá mais pra regravação do Roupa Nova 😛

    Beijoooss

    Responder

  3. Katoka
    nov 24, 2007 @ 17:55:00

    hahahahahahahahahhaah

    Adoreiiiiiiiiiiiii hahahahhaahhaahah

    Eu tbm!!! Meu Deus… tudo hoje ja é “casa, comida e roupa lavada” hahahaha

    Bjão

    Responder

  4. anna.apv
    nov 25, 2007 @ 00:12:00

    Já é sábado, e a última atualização foi quinta????

    Ah, assim não dá!!!

    Tem que escrever mais, Carol!!! Liguei o computador só p/ entrar aqui, e nada de novo???

    Que decepção, depois dessa vou dormir mesmo!

    Responder

  5. Yke Leon
    nov 26, 2007 @ 05:59:00

    Descobri o blog sem querer, e li quase tudo em uma noite só!
    Está bem bacana, parabéns!

    Yke Leon,
    http://www.revolutear.blogspot.com

    Responder

  6. Dannielle
    nov 26, 2007 @ 13:53:00

    Põe a caixola pra funcionar!

    Responder

  7. Dannielle
    nov 26, 2007 @ 13:53:00

    Põe a caixola pra funcionar!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: