Axilas

Tá. Fui retocar as mechas do meu cabelo.

Botei a bosta da touquinha de látex na cabeça, me senti um pênis de camisinha, fiz os furos e puxei alguns tufos. No último, é claro, veio mó maçaroca de cabelo e me fodi como só quem faz reflexo sabe. Tooodo trabalho por água abaixo, tira tudo, puxa tudo de novo, prepara o descolorante.

Apliquei a mistura, lavei as mãos e fiquei lá, em pé em frente ao espelho, como sempre fico, esperando pra ver se a cor não passa do ponto.

Na cumbuquinha, sobrou uma bela quantidade, como sempre acontece. E eu sempre a uso pra passar em algum cabelinho corporal que por ventura ou falta de sol esteja escuro.

Procurei, procurei e, fora meus pentelhos, todos estavam ok.

Meus pentelhos são sagrados. Já cometi a burrada de descolorir o bigodão e o resultado foi que parecia que o Curupira estava me fazendo sexo oral constantemente: mó perucão amarelo FOOOOOGO, quase laranja, TERRÍVEL, no meio das pernas. De longe, realmente devia parecer a cabeça do Curupira. Enfim, nos pentelhos eu não ia aplicar o Blondor.Aí foi quando a geriquice começou a acontecer.

Um pouco antes de entrar no banheiro, eu estava vendo Hi-5. Já viram?
Eu fico PUTA com aquela menina loira, ela me dá um complexo animal…Vocês já viram os sovacos dela? São BRANCOS, brancos, BRAAAAAAAAANCOS, translúcidos! Não têm uma marquinha, uma sombrinha, parece sovaco de neném. E eu fico puta, sempre que vejo Hi-5 vou ao banheiro, levanto os braços e fico pensando o que eu fiz de errado pro meu sovaco ser tão preto.

Ta, vai, antes que me achem muito nojenta, eu tenho que explicar: meus sovacos não são pretos, mas ver os da Jen me faz achá-los assim. Qualquer sovaco do mundo é um tição perto do dela.

Eu já pedi pra Deus bloquear um pouquinho o fluxo de sangue pro meu cérebro a fim de evitar a proliferação de idéias estúpidas, mas ele não me ouve. Então, eu lembrei que toda vez que eu uso o resto do Blondor pra descolorir os pelinhos dos braços, por exemplo, eu fico com várias manchas brancas na pele. Exatamente onde encosta a tinta, fica
mais claro que a pele que não recebeu descolorante.

As engrenagens cerebrais aqui começaram a fundir…E eu tive uma idéia. Se meus braços clareavam, pq os sovacos não haviam de clarear?

Toda empolgada, decidi maximizar a experiência para um resultado perfeito. Raspei os poucos cabelos que me habitam ali nas axilas, ficou tudo lisinho. E então, apliquei o Blondor.

Eu podia ver, em minha cabeça, meus sovacos tinindo como os da Jen. Eu ia tirar foto e ir direto ao site da Dove me oferecer pra participar da Campanha pela Real Beleza. Eu ia ter os sovacos lindos, leves, brancos… Eu ia era me foder, minha Via Crúcis estava só pra começar…

Ao terminar de passar o troço nos sovacos, me liguei na primeira estupidez: eu havia recém raspado a região, meu Deus.

Ardor.

Muito ardor.

Suportei, rumo ao triunfo alvo dos sovacos da pessoa aqui.

Abaixei os braços e lavei as mãos.

Na hora em que os braços tocaram meu corpo e o sovaco se juntou, quase delirei de nervoso.Mil agulhinhas cretinas espetavam meus sovacos impiedosamente, e eu tentava me concentrar na lavagem das mãos para não sair gritando. Dois minutos mais tarde, coceira, muita coceira. Meu Deus, como coçava. Lembrei o motivo pelo qual eu andava fazendo tanto esforço pra ir tomar sol: eu ODEIO passar Blondor no corpo, pinica demaaais.

Com a concentração de um buda, tentei abstrair.Mais três minutos e eu tinha certeza que tava com sarna.

Tentei resistir, mas não consegui.

Com a concentração de uma bunda que tenta deter um peido, fracassei.

Com o desespero que só os que têm fé possuem, abri as torneiras e comecei a lavar meus sovacos ali mesmo, aflita por alívio! Tentava a todo custo tirar o Blondor, que desgraça pouca é bobagem, e a substância parece não sair JAMAIS.

Só nesse momento foi que, por sentir escorrer uma gota até a minha sobrancelha esquerda, me lembrei que ainda tava com aquela porra na cabeça.Olho pro espelho e os fios estão amarelo OVO, ainda bem que tirei pouquíssimas mechas.

Sem agüentar mais, peguei a toalha do marido, que era a única que tava no banheiro, e comecei a esfregar freneticamente nas axilas, aquilo fez um bem danado; coçou e limpou ao mesmo tempo.Corri pro banho, pra tirar a tinta da cabeça.

Assim que passei o shampoo, sem tirar a touca ainda, marido me bate à porta avisando que a bebê tá cagada (a gente limpa bem ela e depois lava no banheiro pra tirar o lenço umedecido, que ela tem alergia).

Vou eu abrir a porta.

Ele olha bem pra minha cara e em minha volta, meu estado deplorável, e avisa que vai lavá-la no tanque.

Repulsa, ele deve ter sentido, pois a imagem do espelho era estarrecedora: a criatura pelada, molhada, com uma touca de latex amarela na cabeça, uns 10 tufinhos mínimos loiros do lado de fora, mó cabeção da porra, uma mancha LOIRA no meio da sobrancelha esquerda, olheiras monstro, toda suja de blondor. Atrás de mim, toalha DELE manchada de descolorante. A pia molhada. O banheiro um caos.

Ai, ai.

Alguém, um dia, me disse que eu tenho um vírus chamado VÍRUS DA PÉSSIMA IDÉIA. Se trata de um vírus que começa com um simples “por que não?”. Sabonete íntimo, Blondor no sovaco… É, alguém duvida?

************

Essa eu já tinha postado em vários lugares, mas precisava contá-la aqui pra dar continuidade à saga. Enfim, achei algo que funcione, mas só conto no próximo post. HAOUHOUAHOUAHUOAHHU.

Garantindo audiência, né?

************

P.S.: Gente, tem alguém que saiba fazer templates aí??? Eu ODEIO esse template, e antes de ter filho eu até fuçava um pouco nos HTML da vida e conseguia, com muito custo, fazer o meu próprio. Só que agora o tempo é HIPER escasso, não dá messssmo! E eu tô doida por um layout exclusivo, pq todo blog tem a mesma cara no blogspot. Se alguém puder dar um help, agradeçooo!!!