>>>EMPADA COM PENTELHO


(texto trazido do fotolog)

Tipo, foi ontem, no Extra. Passei lá com meu pai antes de vir pra Angra. Comprar besteiras pros meus avós.

Como de praxe, a gente pára pra comer umas coisas na Rotisserie do supermercado. E dessa vez eu pedi empadinhas. Mini empadinhas. Quatro unidades.

Vieram num saquinho, eu comi uma, eca. Muito ruim. E, graças a Deus, antes de comer outra eu olhei pra dentro do saco.

Lá estava, meu povo. Um cabelo pixaim. Ou um pentelho, whatever.

Depois de regurgitar e conter meu vômito com um gole monstro de Fanta Uva, me dirigi lentamente à mulherzinha do caixa. Não disse nada, só mostrei o saquinho, com uma ânsia de vômito do caraleo.

A pergunta da mulher:

“- Isso já estava aqui quando vc comprou as empadas?”

Puta merda. Mil cacetinhos cravejados de diamantes.

Eu não respondi. Tentei levar na esportiva e tinha esperança de que ela pelo menos olhasse minha cabeça. O cabelo não podia ser meu, porra. Sem contar que tinha uns 8 cm no máximo, era PIXAIM, CARALHO!!!

Mas a mulher não pareceu satisfeita com minha cara de concha e esperava ainda uma resposta.

“- Não, querida. Eu coloquei aí esse cabelo…”, disse, rindo, com a ironia e sarcasmo que me são peculiares.

Mas como ela pareceu acreditar na minha história e não deu nenhum sorriso, fiquei com medo e me retratei:

“- É claro q estava aí quando eu comprei!!! Q pergunta… Até pq, minha querida, não sei se vc pôde reparar, mas esse cabelo não é meu”

Bem, era meio óbvio que aquilo ou era cabelo ou era pentelho. Eu tenho certeza absoluta que, fosse o que fosse, não era meu.

Mas a mulher simplesmente desceu o olhar até a altura de minha pelvis.

E naquele momento eu, sem acreditar no absurdo que estava escutando, soube que ela realmente pensava que podia ser um pentelho MEU!

“- Ah, tá. Então eu coloquei um pentelho na empada. Minha querida, faz seu trabalho, devolve meu dinheiro”
“- Não posso devolver, acabei de registrar”
“- E o que que eu tenho a ver com isso?”
“- Não sei, a senhora me apareceu aqui com um pelo num saquinho de empadas”- E a filha da puta realmente me botava a culpa. Perdi a paciência.

“- Olha, meu amorzinho, nem que eu quisesse muito eu ia conseguir fabricar, com meu corpo, um pentelho desses. Agora, por favor, eu tô com nojo, eu comi uma das empadas, ela tava junto desse cabelo nojento. E, se vc não quiser que eu me dirija agora ao seu superior, devolve meus R$ 1,70!”
“- Ah, foi R$ 1,70? Pensava que era o pedido de R$ 50. Um minuto só”

E me devolveu o dinheiro.

O pedido de R$ 50 era de uma senhora que estava esperando. Umas 60 empadas.

Eu recomendo estritamente que se alguém for convidado pra alguma festinha nos próximos dias, não coma empadas.

9 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Anonymous
    abr 16, 2006 @ 17:34:00

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    caralhu, vim parar aki num sei nem como, mas nón perco mais… li tudiiiinho

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    menina vc eh malucaaaaaaaaaaa

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    pode crer ke conquistou uma leitora!!!!!!!!!!

    bjinhus

    nina

    Responder

  2. aylla
    abr 16, 2006 @ 20:52:00

    caraca!!! vc é louca mesmo..ainda bem que eu nunca passei por isso, mas já estou com nojo da empadinha do extra..kkkkkkkkkkkkk
    Imagino a cena..vc, barriguda, chata, enjoada, com cara de quem achou um pentelho..uahuahauhauahuaha
    Não poderia acontecer com outra pessoa mesmo..kkkkkkkkkkkkk
    bjosssssss

    Responder

  3. natuza
    abr 17, 2006 @ 20:05:00

    nossa Carol e eu que imaginava que já tinha passado por poucas e boas nessa minha vida!!
    fala sério, adoro esmpadinhas, mas tem que ser a empadinha… Com certeza se fosse comigo no 1o. momento que mordesse a 1a. e visse que não era lá gde coisa nem teria visto o pentelho… pq eu iria dar o saquinho pro 1o. q passasse na minha frente!!! kkkkkkkkk

    Responder

  4. Maria Cárita
    abr 19, 2006 @ 00:07:00

    Ui, que nojo Carol!
    Lendo essa história lembrei do meu cunhado que encontrou uma cacona de nariz, daquelas duras e verdes no meio do pão de queijo que ele comprou no supermercado.
    Nojento!

    Responder

  5. Vívian
    abr 19, 2006 @ 20:57:00

    adorei o blog!!!

    Já tinha lido alguns textos, inclusive esse da empada que é hilário!!
    Os que eu não tinha lido, que falam da sua gravidez tb adorei, o da barriga no teclado é o melhor!!

    Parabéns!
    não te conheço, mas te admiro por todo esse seu talento para escrever…

    bjos

    Responder

  6. Anonymous
    maio 17, 2006 @ 09:54:00

    Greets to the webmaster of this wonderful site! Keep up the good work. Thanks.
    »

    Responder

  7. Anonymous
    maio 17, 2006 @ 10:02:00

    Really amazing! Useful information. All the best.
    »

    Responder

  8. Anonymous
    maio 21, 2006 @ 17:21:00

    Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
    »

    Responder

  9. Anonymous
    maio 21, 2006 @ 17:22:00

    Great site lots of usefull infomation here.
    »

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: